25 de junho de 2011

Bar Dona Onça


Escuto murmurinhos sobre o Bar da Dona Onça faz algum tempo, e já estava na minha lista de "restaurantes a conhecer", ainda mais porque fica no térreo do emblemático prédio do Niemeyer, o Copan.




Enfim o grande dia chegou ... e fomos eu, o Mac, a Claudia e o Toni nessa deliciosa tarde gastronômica. Chegamos por volta das 14h30,  sentamos sem espera e já começamos tomando uma cerveja Original geladíssima, que nos acompanhou durante toda a refeição, provamos também algumas caipirinhas de tangerina com maracujá de morrer de boa!



A lista de petiscos era tentadora, e pedimos bolinho de espinafre (praticamente sem farinha, leve, sequinho super temperado) linguiça do chef e bolinho croc.

 
Na hora do prato principal eu queria  pedir tudoooo kkkk....
A Claudia pediu Paillard de filé com fettuccine ao creme Alfredo de Roma, o Toni pediu um bife a cavalo no capricho, o Mac pediu Stinco de leitoa caipira com feijão tropeiro e couve refogada (lindo prato) e eu pedi o Arroz de rabada com agrião, acho que uma das coisas mais saborosas que eu já comi (um arroz molhadinho, com pedaços de rabada que se desfaziam no garfo, agrião e tomatinho). O prato era grande, mas mesmo satisfeita eu não conseguia parar de comer... gulosa!!






 Como a comida tinha sido tão boa, nem pestanejamos na hora de decidir se íamos ou não pedir sobremesa:  pedimos uma para cada! O Mac pediu o Cheesecake de catupiry brulée com calda quente de goiabada cascão e gostou bastante.




O Toni pediu uma porção deliciosa de Mini churros com doce de leite, sequinhos e bem doces, o doce de leite vem num potinho separado dando todo charme.
 
A Claudia pediu o Trio elétrico um pratinho com um mini quindim, um mini pudim e uma colherada cheia de brigadeiro mole. O quindim estava ok, já o brigadeiro estava bem gostoso apesar de ser um pouco amargo. O pudim também estava muito bom, bem lisinho do jeito que eu gosto, faltou só a calda de caramelo.


Eu pedi uma mousse de chocolate com calda de frutas vermelhas...pra falar a verdade não gostei muito, achei muito forte o gosto de chocolate amargo e a calda muito azeda.


Na hora do café mais delícias, além de um bom espresso, vieram sobre o píres um brigadeiro bem gostoso numa forminha de oncinha e uma barrinha de doce de leite embrulhado como caramelo, que não estava tão bom quanto o brigadeiro. Continuamos no bar bebendo até depois das 17h e saímos de lá extremamente felizes e satisfeitos. Pois tínhamos encontrado uma verdadeira jóia no centro de São Paulo!


serviço: muito bom
ambiente: no térreo do Copan, o que já é um ponto positivo. O ambiente interno não compromete, brinca com as cores da onça, desenhos à giz em lousas onde pratos são sugeridos.
preço: petiscos entre R$21,00 a R$39,00, pratos entre em média R$40,00, e sobremesas entre R$15,00 e R$21,00
bom para: família, amigos
dicas: um ótimo lugar para todos os públicos. Não deixe de provar o arroz de rabada, apesar de que você ficará tentado por quase todo o cardápio.
informações: 
Avenida Ipiranga, 200 - Edifício Copan
Centro, São Paulo/ tel.: 11 3257 2016
bardadonaonca@bardadonaonca.com.br

Um comentário:

  1. Oi Carol, um dos donos do Dona Onça ( Julinho ) é amigo nosso ( meu e do maninho)...
    ele sempre vem a araçatuba e é muito amigo da D. Missé.
    beijos,
    Dani Brandão

    ResponderExcluir